Histórias de Mudança – Teresa Nazareth

12 Dez, 2016

Teresa Nazareth
Investigadora em Saúde Pública

Teresa Nazareth, Investigadora em Saúde Pública e mãe nasceu no Porto e vive em Lisboa há 6 anos.
(Pre)ocupada com o mundo, sobretudo desde o nascimento do Bernardo.

Sempre foi atenta e atenciosa para com o mundo, mais ou menos conscientemente, mas foi com o nascimento do seu primeiro filho, Bernardo, que ficou absolutamente desperta.

A responsabilidade de trazer alguém ao mundo aliou-se à de ser colaboradora desse mesmo planeta. É nessa perspectiva que se disponibiliza para aprender mais e melhor para poder educar melhor e ser exemplo, mais do que em palavras, em posturas e atitudes.

Apercebeu-se que iriam surgir novos rituais e deu espaço para repensar os antigos. E do zero chegaram pequenas mudanças que foram crescendo e atraindo outras, das fraldas reutilizáveis à alimentação biológica. Uma reviravolta nos pais e para o bebé.

Teresa afirma que é muito mais fácil do que parece, basta apurar o contexto das coisas que consumimos e pensarmos nelas a longo prazo. Com o lixo que fazemos, por exemplo. Quando o tiramos de casa, vai para algum lugar e acumula noutro. Nem nos apercebemos mas por norma consumimos coisas a mais, coisas de que não precisamos. E geralmente coisas que demoram muito muito tempo a decompor-se. É pensar nisso e em como reduzir a nossa pegada ecológica, isto é, em não deixar um rasto físico em todos os sítios por onde passamos.

Se formos realmente conscientes sobre a origem e o fim daquilo que compramos, recebemos e tudo o que nos passa pelas mãos, é impossível não agirmos melhor em relação a isso. Apercebemo-nos da nossa responsabilidade e tornamo-nos mais sustentáveis, isto é, muito provavelmente vamos consumir menos e sobretudo melhor.

Teresa alerta para o facto de tudo estar ligado, a forma como tratamos o planeta vai reflectir-se no que ele nos dá. Não é preciso entrar em extremismos e abdicar de tudo, pelo contrário, é cuidar mais para sermos melhor cuidados, no fundo, exigir um estilo de vida melhor, até ao fim. Basta acolher a mudança mesmo que dê trabalho e, por vezes, investir um bocadinho mais, atitudes que vão ganhando sentido a longo prazo. Por norma a mudança não é assim tão extrema e o retorno é indiscutível e incontornável. Teresa dá-nos o exemplo de um cabaz de legumes e fruta biológicos que começou a encomendar e que não só sustenta um agricultor de pequena escala, como uma produção sem químicos e por isso uma terra mais fértil e ainda lhe dá uma maior qualidade e variedade (porque respeita a sazonalidade dos alimentos) na alimentação da sua família.

Não se trata de ser 100% ecológicos, o desafio passa por estarmos abertos à mudança, por mais pequenina que seja. Não se trata de sermos exímios na forma como fazemos as coisas mas por pensá-las a longo prazo, fazê-las bem, à nossa medida, e sobretudo saboreá-las e tirar o melhor partido delas, com a nossa família. De casa e do mundo.

Outras Histórias de Mudança

Histórias de Mudança

Mudança de estilos de vida – quando mudei? porque mudei? desafio-te a…Estas foram as questões de partida lançadas pelo projeto Juntos pela Mudança para a realização de dez histórias de vida, ao longo dos últimos meses, sob a responsabilidade da realizadora Patrícia Pedrosa.

Histórias de Mudança – Maria Meneses

Maria Meneses, 27 anos Apaixonada pela vida e em busca da liberdade Aos 25, descobriu que havia um nome para o que vive: sustentabilidade Devido a graves complicações no parto, a Maria nasceu com paralisia cerebral. Os médicos chegaram a pedir aos pais para se...

Histórias de Mudança – Dulcineia Carvalho

Dulcineia Carvalho, Licenciada em filosofia, bibliotecária, voluntária, casada Nasceu em S. Tomé e Príncipe e veio para lisboa há 8 anos Tem uma alegria contagiante, bem disposta por natureza, sensível aos outros, à natureza e aos seus ritmos, bem como aos ritmos...

Histórias de Mudança – Christophe Nothomb – GASAP

Christophe Nothomb Rede GASAP - Groupe d’Achat Solidaire de l’Agriculture Paysanne - Grupo de Compras Solidárias de Agricultura Camponesa Repensar o consumo para um sistema alimentar mais justo, saudável e sustentável Podemos sempre fazer alguma coisa para contribuir...

Histórias de Mudança – Pe. Joaquim Samuel Ribeiro Guedes

Joaquim Samuel Ribeiro Guedes 50 anos, 22 deles ao serviço do concelho de Paços de Ferreira Padre e empreendedor social Samuel Guedes, ainda antes de ser ordenado padre, já tinha trabalhado na Secretaria Geral da Diocese do Porto e sido, também, Notário do Tribunal...

Histórias de Mudança – Alfredo Sendim

Alfredo Cunhal Sendim 50 anos, 25 deles na Herdade do Freixo do Meio Essencialmente Agricultor Alfredo Sendim, em Portugal, tinha sempre vivido em Lisboa e era um apaixonado pelo mar - a sua ligação à terra era inexistente. Queria entrar em Oceanografia mas acabou por...

Últimas notícias…

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

No dia 30 de maio, em Gabú, a FEC fez a apresentação oficial do projeto “Nô Cirbe Nô Povo – Capacitação da Administração Local para o Desenvolvimento Económico e Social”. Daniele Oliveira, gestora do projeto, e Francisco Pereira, Delegado Regional do Plano e...

read more
Share This