Histórias de Mudança – Dulcineia Carvalho

30 Jan, 2017

Dulcineia Carvalho, Licenciada em filosofia, bibliotecária, voluntária, casada
Nasceu em S. Tomé e Príncipe e veio para lisboa há 8 anos

Tem uma alegria contagiante, bem disposta por natureza, sensível aos outros, à natureza e aos seus ritmos, bem como aos ritmos musicais que a fazem dançar espontaneamente em qualquer situação. Natural do pequeno arquipélago de S. Tomé e Príncipe, na linha do Equador.

Há 8 anos veio estudar para Lisboa, onde se licenciou em Filosofia. A preocupação com o mundo e com o seu papel levou-a a fazer um mestrado em Cultura e Desenvolvimento, dimensão que vai aprofundando em diferentes áreas da sua vida. Desde cedo que em Lisboa se ligou ao projeto dos Gambozinos (uma associação juvenil católica sem fins lucrativos a trabalhar a coesão social em diferentes bairros do país com a Companhia de Jesus) e desde há 4 anos ao grupo de voluntariado Atravessados que uma vez por mês se reúne um fim-de-semana na Associação Casa Velha -. Ecologia e Espiritualidade. Como Atravessada pode começar a aprofundar o desafio de Cuidar da Casa Comum (das pessoas e da Terra), experimentando outros ritmos de vida e um estilo de vida mais simples, partilhado, comunitário e ao serviço. A partir deste projeto e da Casa Velha, é um dos membros de um grupo de leitura e reflexão da Encíclica Laudato Si, que desde há um ano se reúne mensalmente em Lisboa.

Atualmente trabalha como Bibliotecária no Colégio Pedro Arrupe, onde chega todas as manhãs de bicicleta, hábito que adotou do marido, o Du. Na verdade, a bicicleta passou a ser o seu meio de transporte.

Dulcineia desafia-nos a pensar a sustentabilidade a partir da simplicidade e da relação com os outros, de quem estamos interdependentes. Ser capaz de viver bem e com constante boa disposição e abertura aos outros, será provavelmente o seu grande segredo para uma vida sã e sustentável, onde vai aprofundando com uma consciência crítica crescente, critérios e hábitos de vida responsáveis e coerentes, aos quais, com a sua alegria, nos desafia.

Histórias de Mudança

Mudança de estilos de vida – quando mudei? porque mudei? desafio-te a…Estas foram as questões de partida lançadas pelo projeto Juntos pela Mudança para a realização de dez histórias de vida, ao longo dos últimos meses, sob a responsabilidade da realizadora Patrícia Pedrosa.

Histórias de Mudança – Maria Meneses

Maria Meneses, 27 anos Apaixonada pela vida e em busca da liberdade Aos 25, descobriu que havia um nome para o que vive: sustentabilidade Devido a graves complicações no parto, a Maria nasceu com paralisia cerebral. Os médicos chegaram a pedir aos pais para se...

Histórias de Mudança – Christophe Nothomb – GASAP

Christophe Nothomb Rede GASAP - Groupe d’Achat Solidaire de l’Agriculture Paysanne - Grupo de Compras Solidárias de Agricultura Camponesa Repensar o consumo para um sistema alimentar mais justo, saudável e sustentável Podemos sempre fazer alguma coisa para contribuir...

Histórias de Mudança – Teresa Nazareth

Teresa Nazareth Investigadora em Saúde Pública Teresa Nazareth, Investigadora em Saúde Pública e mãe nasceu no Porto e vive em Lisboa há 6 anos. (Pre)ocupada com o mundo, sobretudo desde o nascimento do Bernardo. Sempre foi atenta e atenciosa para com o mundo, mais ou...

Histórias de Mudança – Pe. Joaquim Samuel Ribeiro Guedes

Joaquim Samuel Ribeiro Guedes 50 anos, 22 deles ao serviço do concelho de Paços de Ferreira Padre e empreendedor social Samuel Guedes, ainda antes de ser ordenado padre, já tinha trabalhado na Secretaria Geral da Diocese do Porto e sido, também, Notário do Tribunal...

Histórias de Mudança – Alfredo Sendim

Alfredo Cunhal Sendim 50 anos, 25 deles na Herdade do Freixo do Meio Essencialmente Agricultor Alfredo Sendim, em Portugal, tinha sempre vivido em Lisboa e era um apaixonado pelo mar - a sua ligação à terra era inexistente. Queria entrar em Oceanografia mas acabou por...

Últimas notícias…

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

No dia 30 de maio, em Gabú, a FEC fez a apresentação oficial do projeto “Nô Cirbe Nô Povo – Capacitação da Administração Local para o Desenvolvimento Económico e Social”. Daniele Oliveira, gestora do projeto, e Francisco Pereira, Delegado Regional do Plano e...

read more
Share This