Intercâmbio de partilha de boas práticas entre Cabo Verde e Guiné-Bissau

16 Nov, 2018

Entre os dias 6 e 11 de novembro, decorreu, na cidade da Praia, um intercâmbio internacional de partilha de boas práticas entre Cabo Verde e a Guiné-Bissau, realizado no âmbito do projeto “Kumpu Tera de Mininesa: Boa Governação para a Proteção Social da Criança”.

A delegação da Guiné-Bissau, composta por elementos da FEC, do Ministério da Mulher, Família e Coesão Social (MMCS), do Instituto da Mulher e Criança (IMC) e de Organizações da Sociedade Civil, deslocou-se até à ilha de Santiago, em Cabo Verde, onde foi recebida pela Ministra da Educação, Família e Inclusão Social de Cabo Verde, Dr.ª Maritza Rosabal Peña, e pela Presidente do Instituto Cabo-Verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), Dr.ª Maria José Alfama.

O encontro destinou-se à partilha de informações e de procedimentos em termos de boas práticas de proteção social da criança, bem como à identificação de pontos fortes e de oportunidades que possam vir a ser replicadas na Guiné-Bissau. A delegação foi convidada a visitar os serviços centrais do ICCA, os seus serviços oficiais e outros serviços complementares geridos por Organizações da Sociedade Civil e por Organizações Não-Governamentais.

“O intercâmbio representou uma possibilidade de perceber como é que um país evoluiu nos últimos anos para uma lógica de proteção social da criança, quais as estratégias que usaram, qual a rentabilização que fizeram dos recursos”, referiu Carla Pinto, representante da FEC na Guiné-Bissau. “A mais-valia de ver essa experiência no terreno é que nos permite refletir sobre o assunto e perceber como é que na Guiné-Bissau se pode fazer também esse percurso.”

Kumpu Tera di Mininesa: Boa Governação para a Proteção Social da Criança” é um projeto desenvolvido pela FEC em parceria com a Caritas Guiné-Bissau e a Rede Ajuda (RA) e financiado pela União Europeia e pela Misereor.

Últimas notícias…

Estudo revela património cultural da Província de Maputo

Estudo revela património cultural da Província de Maputo

Decorre na Província de Maputo uma pesquisa sobre o Património Cultural local nas suas diferentes expressões artísticas: artesanato, jogos tradicionais e literatura oral. Dados preliminares revelam um espólio rico do artesanato tradicional, constituído...

read more
Exposição Uma Obra por Moçambique

Exposição Uma Obra por Moçambique

Até 22 de setembro está patente no Espaço Espelho d’Água, em Lisboa, a exposição Uma Obra por Moçambique, que reúne obras de vinte e quatro artistas plásticos portugueses, cujas receitas das vendas reverterão na íntegra para apoiar a reconstrução da Província da...

read more