Termina o segundo ano da formação em Ensino Básico na Guiné-Bissau

19 Jul, 2019

A FEC e o Ministério da Educação da Guiné-Bissau, através do Instituto Nacional de Desenvolvimento da Educação (INDE), finalizaram o segundo ano da formação inicial em serviço para professores do Ensino Básico (1.º e 2.º ciclos) dos quadros do serviço público.

“Este curso ajudou-me muito. Melhorei a minha forma de escrever, de lidar com as crianças, de as ensinar e aprendi a fazer planos de aulas. Agora sou uma professora melhor. Nem quero que a formação acabe. A ajuda da FEC foi muito importante”, refere Zaina Ramos, uma das formandas.

 “Foi muito importante para mim o módulo de aperfeiçoamento da língua portuguesa e aprender a planificar aulas em várias disciplinas”, conta Carlos Té, outro dos formandos. 

O curso foi iniciado no segundo semestre de 2017 e tem a duração de três anos letivos, num total de 1020 horas. Decorre em todo o território da Guiné-Bissau e conta com 380 professores com habilitação igual ou inferior ao 12.º ano, possibilitando a progressão na carreira docente após o término da formação e de acordo com a avaliação.

“Temos professores sem nenhuma formação, a trabalhar com conteúdos desatualizados, e é preciso continuar este tipo de formações para chegar a mais professores. Temos um país carenciado e a área educativa tem ficado para trás, mas só através da educação a Guiné-Bissau se vai desenvolver”, diz o formando Obino Có.

A formação insere-se no PARSE – Programa de Apoio à Reforma do Sistema Educativo na Guiné-Bissau, projeto financiado pelo Camões, I.P. e desenvolvido pela FEC em parceria com o Ministério da Educação, Ensino Superior, Juventude, Cultura e Desportos.

 

Últimas notícias…

“Todos precisamos de todos”

“Todos precisamos de todos”

Com a chegada da época natalícia, a Campanha Presentes Solidários está em ação, uma vez mais, para melhorar a vida de pessoas e comunidades nos países lusófonos. Alice Vieira, jornalista e escritora entusiasta dos Presentes Solidários, conversou com a e-NCONTROS sobre solidariedade e a forma como vive a iniciativa.

read more