União Europeia visita projetos da FEC em Gabú e Bafatá

16 Mar, 2020

Nos dias 19 e 20 de Fevereiro a Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau visitou algumas atividades do projeto “Nô na cuida di nô vida, mindjer – Emancipação e direitos para meninas e mulheres na Guiné-Bissau”, que se encontram a decorrer na região de Gabú e de Bafatá.

De entre as diferentes atividades visitadas em Gabú, destacam-se as peças do Grupo de Teatro do Oprimido abertas a toda a população, que as fotografias ilustram, e que de uma forma mais lúdica fizeram toda a plateia refletir sobre os direitos das meninas e das mulheres; foram, ainda, visitados alguns espaços informais de acolhimento a vítimas de casamento forçado, violência doméstica e abuso sexual.

Em Bafatá, a equipa do projeto e a DUE reuniram-se com a Polícia de Ordem Pública de Bafatá para compreender a intervenção deste organismo no trabalho em rede que está a ser desenvolvido. A intervenção passa pela sinalização de vítimas de qualquer tipo de Violência Baseada em Género (VBG), pela denúncia e seguimento de casos e pelo encaminhamento posterior ao Centro de Acesso à Justiça de Bafatá. Neste âmbito, foi inaugurado um Centro Regional de Atendimento à Vítima que conta, agora, com uma Técnica de Apoio à Vítima formada pela Consultora Técnica para a Violência Baseada em Género.

Para além disso, foi realizada uma visita à Formação em Educação Parental aos Comités de Pilotagem numa tabanca (aldeia) próxima de Bafatá, Sintcha Farba. Esta formação, num total de 6 sessões é direcionada a líderes, membros das comunidades, e pretende proporcionar momentos de reflexão acerca do impacto das situações de VBG, dotando-os de conhecimentos sobre os aspetos psicossociais e legais da VBG, uma vez que a Violência Doméstica está prevista na lei guineense – Dec. Lei 6/14.

O projeto Nô na cuida de nô vida, mindjer”, é iplementado pela Mani Tese Ong Onlus, FEC e ENGIM Guiné-Bissau, em parcerias com a Rede Ajuda, o Gabinete de Estudos, Informação e Orientação Jurídica (GEIOJ) e o Instituto da Mulher e da Criança, com financiamento da União Europeia na Guiné-Bissau, do Camões,I.P., da Die Sternsinger, Otto per Mille, Igreja Valdese e Conferência Episcopal Italiana. 

Últimas notícias…

Moçambique – Formação de Formadores em Lichinga

Moçambique – Formação de Formadores em Lichinga

De modo a garantir a sustentabilidade do projeto Othukumana – Juntos II, realizou-se, no mês de fevereiro e início de março, a formação de formadores, na cidade de Lichinga. Participaram dois formandos de cada um dos Jardins de Infância de Lichinga envolvidos no...

read more