Angola: Projeto EKEVELO arranca na província do Namibe

22 Abr, 2020

No passado mês de março a FEC, em conjunto com a Caritas de Angola estiveram na província do Namibe em missão de arranque do projeto EKEVELO – Esperança na Resiliência: Reforço da Segurança Alimentar e Nutricional das comunidades no município do Virei.

Este novo projeto, subvencionado pelo programa “Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola” (FRESAN), financiado pela União Europeia e gerido pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., é um projeto promovido pela FEC em parceria com a Cáritas de Angola, com ação direta através da Cáritas Diocesana do Namibe, com a Catholic Relief Services (CRS), com o Instituto Superior Politécnico Tundavala (ISPT) e com a Associação Veterinários sem Fronteiras Portugal (VSF Portugal). O seu objetivo geral é contribuir para que as comunidades afetadas pela seca na Província do Namibe sejam mais resilientes, sobretudo no âmbito da segurança alimentar e nutricional, tendo o seu foco geográfico no município do Virei.

A missão de arranque permitiu que, em conjunto com a equipa técnica do FRESAN, as ONG’s que irão desenvolver projetos subvencionados pelo programa, pudessem realizar em conjunto vários encontros com as autoridades locais ao nível provincial e também com o Soba do Virei, de modo a serem apresentados os projetos a levar a cabo, bem como as organizações e pessoas envolvidas. Outro objetivo destes encontros foi a potencial criação de sinergias com as autoridades locais e troca de informações e experiências importantes para melhor servir as comunidades beneficiárias.

Houve também espaço para um encontro com o Sr. Bispo do Namibe, Dom Dionísio Hisilenapo, onde se pôde expor melhor do projeto EKEVELO e dar início a um novo trabalho de parceria com a Cáritas de Angola na província do Namibe, através da ação Cáritas Diocesana local, uma nova Província em Angola onde ainda não existia a presença da FEC.

Últimas notícias…

Bolsas de mestrado para docentes Guineenses – candidaturas

Bolsas de mestrado para docentes Guineenses – candidaturas

As candidaturas para seis bolsas de Mestrado em Lisboa, na área da educação, estarão abertas de 1 a 28 de julho de 2020 no âmbito do Programa PRECASE. Estas bolsas destinam-se a docentes Guineenses e são referentes ao ano letivo 2020/ 2021. As bolsas de Mestrado serão...

read more