Guiné-Bissau: Quase 1500 crianças registadas nas comunidades de Pitche

6 Mai, 2020

No início do presente ano, decorreu no setor de Pitche, na região de Gabú, na Guiné-Bissau, a primeira ação de sensibilização para o registo civil móvel no âmbito do projeto “Nô Cirbe Nô Povo”. A ação aconteceu nas 33 comunidades do setor de Pitche e foram registadas 1472 crianças dos 0 aos 13 anos de idade.

Estima-se que na Guiné-Bissau, e segundo dados do MICS de 2014 (Multiple Indicator Cluster Surveys), apenas 23,7% das crianças menores de 5 anos foram registadas no país.

Pretende-se com este Projeto, ampliar o acesso à documentação básica de todos os guineenses, na região fronteiriça de Gabú, onde o registo civil assume uma importância acrescida.

Deste modo, pretende-se, ainda, melhorar e aumentar o acesso das populações aos serviços públicos básicos, nomeadamente à educação. O projeto está a monitorizar e avaliar a evolução do número de matrículas, abandono escolar e transição entre ciclos, por forma a estabelecer um termo comparativo após a implementação do Projeto e que será fundamental para entender as boas práticas da ação.

O projeto “Nô Cirbe Nô Povo” é liderado pelo Governo da Região de Gabú (GR Gabú), com o Governo da Região de Tombali (associado), conta com o apoio técnico e operacional dos dois parceiros do projeto, a FEC e o Município de Santa Maria da Feira, e é financiado pela União Europeia.

Últimas notícias…

Bolsas de mestrado para docentes Guineenses – candidaturas

Bolsas de mestrado para docentes Guineenses – candidaturas

As candidaturas para seis bolsas de Mestrado em Lisboa, na área da educação, estarão abertas de 1 a 28 de julho de 2020 no âmbito do Programa PRECASE. Estas bolsas destinam-se a docentes Guineenses e são referentes ao ano letivo 2020/ 2021. As bolsas de Mestrado serão...

read more