Angola

Educação, Conhecimento e Competências

 

“Gostei imenso do estágio e gostaria que se realizasse mais vezes porque através desta oportunidade trocamos experiências e ideias nas quais aprendemos cada vez mais.”

Ilda Armindo, enfermeira estagiária – Centro Materno-Infantil Nossa Senhora da Graça, Benguela – Programa FORVIDA – Projeto “Obrigado Mãe”

Boa Governação
e Advocacia

 

“Aprendemos a ser responsáveis, mudou a forma como interligamos com os colegas e de forma conseguimos desempenhar as funções de chefe.”

João Quiaqvekilo – Formando, Gestor de Unidade de Saúde – Projeto “Obrigado Mãe”

Cidadania Global e Direitos Humanos

 

“Participei nas formações do Projeto Twendela e aprendi muita coisa que me tem servido como ferramenta para aplicar na minha vida profissional no dia-a-dia, principalmente na minha atividade na PROMAICA onde lidero um grupo de 581 mulheres que fazem um trabalho concreto sobre desenvolvimento comunitário.”

Sabina Julieta – Formanda do projeto Twendela e Coordenadora da PROMAICA, Luanda

Participantes em debates sobre Direitos Humanos e Cidadania e 514 cidadãos e decisores públicos em seminários de formação

materiais gráficos sobre Direitos Humanos distribuídos

pessoas participaram nas "Jornadas Obrigado Mãe: Reflexão e Ação sobre Saúde Materno-Infantil

enfermeiros e parteiras realizaram estágios de formação permanente em saúde materno-infantil

Luanda

Uíge

N'Dalatando

Lucapa

Benguela

Huambo

Lubango

O nosso trabalho em Angola

Saúde Materno-Infantil

No âmbito da promoção da saúde materno-infantil nas províncias de Benguela, Huambo e Bié, a FEC e a Cáritas Angola promovem o projeto “Obrigado Mãe”. Saiba mais sobre este projeto aqui.

v

Direitos Humanos

O projeto “Promoção dos Direitos Humanos em Angola” tem contribuído para o reforço do papel da sociedade civil na promoção dos Direitos Humanos, bem como para o reforço da participação e representação política. Uma parceria da FEC com a associação Mosaiko – Instituto para a Cidadania. Saiba mais sobre este projeto aqui.

Últimas notícias dos nossos projetos em Angola

FEC visita comunidade beneficiária de novo projeto em Angola

A FEC, em parceria com a Caritas de Angola e a Misereor, está a avançar com as primeiras atividades do novo projeto Emanguluko (que na língua local significa recuperação), na província da Huíla no sul de Angola, com o objetivo de promover a resiliência das populações...

Diretora-Executiva da FEC visita projetos e parceiros em Angola

No final do mês de março, a Diretora-Executiva da FEC esteve em Angola, durante uma semana, a acompanhar os projetos em curso no país e avaliar novas perspetivas de ação no terreno. Durante estes dias, Susana Réfega reuniu com os parceiros no terreno, Cáritas de...

Training for Transformation: formação avança em Angola

Terminou o primeiro módulo da formação Training for Transformation, que teve início em Angola no passado dia 25 de fevereiro. Training for Tranformation é uma nova metodologia que vai permitir que os colaboradores do Mosaiko, parceiro da FEC, percebam melhor o seu...

Avaliação Externa da Caritas Internationalis à Caritas de Angola

No contexto da implementação dos Standards de Gestão da Caritas Internationalis na Caritas de Angola, a Caritas nacional foi este mês alvo de uma avaliação, que decorre no âmbito do projeto Caritas Lusófonas em Rede - Inovar para o Impacto. Sofia Terek, da Caritas da...

Conselho Geral da Caritas de Angola

Entre os dias 7 e 9 de março decorreu em Malanje, Angola, o Conselho Geral da Caritas, que contou com a presença de 18 das 19 Caritas Diocesanas do país. Este evento, que acontece de dois em dois anos, é um espaço de partilha e avaliação do trabalho desenvolvido, onde...

Cidadania em debate em Angola: o Orçamento Geral do Estado

O projeto Promoção dos Direitos Humanos em Angola – Fase II promoveu em janeiro mais um “cidadania em debate”, desta vez com o tema “Orçamento Geral do Estado e Cidadania”, fazendo já ponte com o projeto iniciado em 2018 – o Projeto de Promoção da Advocacia das...

Moçambique e Angola com novos projetos

Moçambique e Angola terminaram o ano com novos projetos aprovados. Em 2019, entre os novos projetos da FEC terão início o “Fortalecimento de parcerias institucionais em Moçambique” e o “Emangukulo | Promoção da resiliência das comunidades afectadas pela seca na província de Huila”.