Sobre o prémio

O Prémio Literário de Contos Infantis Njinguiritane tem como objectivo promover hábitos de leitura e escrita em literatura Infanto-juvenil e estimular a produção de trabalhos e de oportunidades para novos talentos e para autores moçambicanos através de contos infantis inéditos em língua portuguesa.

Os trabalhos serão destinadas a um público Infanto-juvenil e devem abordar algum, ou vários, dos seguintes temas: Paz, Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, Género, Necessidades Educativas Especiais, Direitos da Criança, Educação Cívica.

Serão atribuídos dez (10) prémios e após a selecção destes, será aberto um novo concurso de ilustrações para complementar estes trabalhos.

As candidaturas dividem-se em duas categorias:

  • Categoria 1: Crianças e adolescentes moçambicanos [dos 10 aos 17 anos de idade], singulares ou em grupo de até máximo de três (3) elementos.
  • Categoria 2: Adultos moçambicanos singulares.

Regulamento

O Njinguiritane – Prémio Literário de Contos Infantis insere-se no âmbito do Projecto Raízes e Cultura – Empreendedorismo cultural e reforço da identidade e cultura moçambicana, coordenado pela FEC | Fundação Fé e Cooperação (ONGD portuguesa), e pela AEMO| Associação de Escritores Moçambicanos. Este Projecto é financiado pela União Europeia [CSO-LA/2018/397-491] e Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

CONSULTAR REGULAMENTO COMPLETO AQUI (PDF)

Como concorrer

Antes de preencher o formulário abaixo (de acordo com a categoria a que pertence), deverá primeiro fazer o download e preencher a Declaração de Conformidade (PDF) disponível aqui.. No final do formulário seguinte deverá fazer o upload desta declaração devidamente preenchida.
Categoria 1: Crianças e adolescentes moçambicanos [dos 10 aos 17 anos de idade]
Categoria 2: Adultos moçambicanos singulares

Notícias

FEC promove estudo do património cultural moçambicano

FEC promove estudo do património cultural moçambicano

O património cultural nacional de Moçambique é rico e precisa ser mais difundido, para que as novas gerações o conheçam e o valorizem, defendeu a historiadora e gestora cultural, Matilde Muocha, na apresentação dos resultados preliminares do estudo sobre o artesanato...

Estudo revela património cultural da Província de Maputo

Estudo revela património cultural da Província de Maputo

Decorre na Província de Maputo uma pesquisa sobre o Património Cultural local nas suas diferentes expressões artísticas: artesanato, jogos tradicionais e literatura oral. Dados preliminares revelam um espólio rico do artesanato tradicional, constituído...

Financiadores e Parceiros

Financiadores

ESTE PROJETO É FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA

Parceiros

FUNDAÇÃO FÉ E COOPERAÇÃO

KHANDLELO – ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO JUVENIL

AEMO
ASSOCIAÇÃO DOS ESCRITORES MOÇAMBICANOS

AEGUI
ASSOCIAÇÃO DOS ESCRITORES DA GUINÉ-BISSAU

MOZARTE

IPEME
INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

UCP – PORTO
ÁREA TRANSVERSAL DE ECONOMIA SOCIAL