Programa Ensino de Qualidade em Português na Guiné Bissau

Guiné-Bissau | setembro de 2012 a agosto de 2016

Parceiros e financiadores

  • ADPP
  • Câmara Municipal de Cascais
  • Camões – Instituto da Cooperação e da Língua
  • Cáritas da Guiné-Bissau
  • Diocese de Bafatá
  • Diocese de Bissau
  • Fundação Calouste Gulbenkian
  • Ministério da Educação (e Direções Regionais de Educação)
  • PLAN
  • União Europeia
  • Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF)

Outras entidades envolvidas

  • Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich
  • Universidade do Minho

Relatórios

Relatório de Avaliação – Ano 1 (1 de setembro de 2012 a 31 de agosto de 2013) – Clique aqui para fazer o download

Relatório de Avaliação – Ano 2 (1 de setembro de 2013 a 31 de agosto de 2014) – Clique aqui para fazer o download

Relatório de Avaliação – Ano 3 (1 de setembro de 2014 a 31 de agosto de 2015) – Clique aqui para fazer o download

Relatório Final (1 de setembro de 2012 a 31 de agosto de 2016) – Clique aqui para fazer o download

Queremos…

Melhorar a qualidade e a equidade da educação na Guiné-Bissau.

Como…

  • Melhorando a competência pedagógica dos professores do ensino básico (1º e 2º ciclo) através de formação em serviço nas áreas de Português Língua segunda, Ciências Integradas, Matemática, Educação para a Cidadania e Educação para a Saúde
  • Melhorando a competência pedagógica dos professores do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário através de formação em Língua Portuguesa, Biologia, Matemática, Educação para a Cidadania e Educação para a Saúde
  • Melhorando a competência pedagógica de agentes educativos de educação de infância e expandindo a oferta de agentes profissionalizados para educação de infância
  • Melhorando a capacidade de gestão e administração escolar dos estabelecimentos de educação abrangidos
  • Reforçando o acesso à educação de infância, reduzindo o insucesso e o abandono escolar nos estabelecimentos de educação, tendo uma abordagem inclusiva, nas questões de género e necessidades educativas especiais, envolvendo comunidades, entidades governamentais e internacionais

Principais Atividades

R

Formação

Formação em exercício de professores do 1º e do 2º ciclo do ensino básico
Formação de professores do 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário
Formação em educação de infância
Formação de formadores de agentes em serviço de educação de infância, de professores do ensino básico, de professores do ensino secundário, de gestores e elementos pertencentes à gestão dos estabelecimentos de educação e de língua portuguesa
Cursos de língua portuguesa como língua segunda
Formação em gestão e administração escolar e em gestão participativa e visitas aos estabelecimentos de educação para apoio na implementação do manual de procedimentos de gestão e administração escolar
Apoio à reabilitação/construção comunitária de salas de educação de infância
Apoio à criação e dinamização de hortas escolares
Formação piloto na área das necessidades educativas especiais

R

Comunicação

Produção e emissão/distribuição de materiais pedagógicos e de materiais de divulgação de temáticas relacionadas com a educação, cidadania, necessidades educativas especiais, género, etc

Com quem trabalhamos

Diretamente

1480 professores do ensino básico
600 agentes educativos de educação de infância
600 professores de português, matemática e biologia do ensino secundário
500 elementos pertencentes à gestão dos estabelecimentos de educação, nomeadamente diretores de escola e representantes de Associações de Pais e
Encarregados de Educação, de Comités de Gestão Escolar e de outras estruturas comunitárias e/ou associativas existentes nas comunidades-alvo

Indiretamente

mais de 50.000 alunos

Notícias do projeto

Arranque do ano letivo no Jardim de Infância Nova Aliança

Dia 19 de outubro, em Gabú, a FEC esteve presente no arranque do ano letivo do novo Jardim de Infância Nova Aliança, construído no âmbito do PEQPGB, pelo COLECTIVO MEL. Estiveram presentes na inauguração o Bispo D. Pedro, o Padre Rafael (dos Missionários da Nova Aliança), Edilson Ladim (do departamento de Educação e Ensino da Caritas Guiné-Bissau), pais, crianças, Missionários da Nova Aliança e ainda representantes da Paróquia de Gabú.

Bissau

Abrangência nacional

APOIE ESTE PROJETO

Share This