“Agora o telemóvel até já fica desligado”

14 Fev, 2017

Inocência Muande tem 20 anos. Desde 2015 é monitora no Jardim de Infância Eugénio Mennegon, na Paróquia de Inzinge em Lichinga.

Estuda Gestão de Recursos Humanos na Universidade Pedagógica de Lichinga e frequenta a formação pedagógica do PROJETO OTHUKUMANA (Reforço das Competências Pedagógicas da Rede de Escolinhas e Jardins de Infância da Diocese Católica de Lichinga). 

Inocência Muande considera que para trabalhar com crianças “ é importante ter paciência e gosto pelas crianças. Sem isso não acontece nada, mesmo nada.

Na formação tenho aprendido muita coisa. Ao princípio até ficava na confusão.

Aprendi a lidar com qualquer tipo de criança, ter comunicação com os pais – saber falar com eles e ouvi-los. Assim, fica mais fácil compreender as crianças.

Agora deixo-as livres na brincadeira- – eu fico com um grupo e depois outro e outro a acompanhar. Aproveito mais o tempo para estar com as crianças mais isoladas.

Agora o telemóvel até já fica desligado! A atenção principal é para as crianças. São pessoas diferentes. Não são adultos em tamanho pequeno. Temos que as tratar com atenção e carinhos”.

O PROJETO OTHUKUMANA é uma iniciativa da Diocese Católica de Lichinga em parceria com a Fundação Fé e Cooperação, os Leigos para o Desenvolvimento, a Escola Superior de Educação Paula Frassinetti, a Direção Distrital do Género, Criança e Ação Social de Cuamba, a Direção Distrital da Educação, Cultura, Juventude e Tecnologia de Cuamba. O projeto conta com o apoio da Misereor, Kindermissionwerk, Manos Unidas, Rotary Internacional, Listas Telefónicas de Moçambique, JFS e Toyota Moçambique.

Últimas notícias…