Histórias de Mudança apresentadas na COP23 em Bona, Alemanha

7 Nov, 2017

O documentário “Mudar pelo Planeta, Cuidando das Pessoas. Histórias de Mudança”, produzido no âmbito do projeto da FEC “Juntos pela Mudança”, foi apresentado ontem pela CIDSE no People’s Climate Summit, com a presença da realizadora Patrícia Pedrosa. Esta 5ª feira realizar-se-á o lançamento em Lisboa, pelas 19h, no Largo Café Estúdio (Largo do Intendente, 16, Lisboa).

Ao mesmo tempo que acredita na força das pequenas mudanças de estilos de vida a que todos estamos chamados, a FEC e a CIDSE continuam a defender a justiça climática e a apelar a uma ambição maior no combate às alterações climáticas, no quadro do Acordo de Paris, com base nos valores de equidade, participação e solidariedade.

COP23: o quê, onde, quando?

A COP deste ano realiza-se em Bona, na Alemanha, de 6 a 17 de novembro. Sob a Presidência das Fiji, esta COP terá como objetivo estimular a vontade política e o compromisso de alcançar os objetivos estabelecidos pelo Acordo de Paris, intensificar os esforços e ambições nacionais e internacionais em medidas de mitigação, adaptação e implementação, para manter as temperaturas abaixo do limiar definido de 1,5 graus e forçar os países a empenhar-se rapidamente em direção a economias com baixas emissões de carbono, eliminando os combustíveis fósseis.

 

A delegação da CIDSE

A CIDSE estará presente em Bona com uma delegação de 8 dos seus membros: CAFOD/Reino Unido, CCFD-Terre Solidaire/França, Cordaid/Holanda, Fastenopfer/Suíça, KOO/Áustria, Misereor/Alemanha e Trocaire/Irlanda. Além disso, a CIDSE trabalhará em estreita colaboração com parceiros e aliados de todo o mundo.

 

As expectativas da CIDSE

A CIDSE vai seguir especialmente o debate sobre o Mecanismo de Ambição do Acordo de Paris, olhando em particular para o processo de revisão de 2018, a relação entre Clima e Agricultura, as Finanças Climáticas e tentando garantir que as dimensões de direitos humanos, género, transição justa e estilos de vida sustentáveis são tidos em conta.

Mecanismo de Ambição: Na COP23, as Partes devem fazer cumprir a visão de Paris, fazendo progressos substanciais em todos os pontos da agenda. Neste sentido, a elaboração de uma versão zero das orientações de implementação será um marco importante para medir o sucesso. Ao mesmo tempo, a COP23 deve lançar as bases, sob a forma de roteiro, para avaliar o progresso coletivo em relação aos objetivos do Acordo de Paris em 2018, demonstrando como se deve implementar novas reduções de emissões e como avaliar os Contributos Determinados a nível Nacional (CDN), assegurando a aplicação de um quadro de equidade e participação justa.

Finanças Climáticas: A COP23 deve mostrar os progressos no sentido de aumentar o financiamento climático para 100 mil milhões de dólares norte-americanos por ano até 2020, que devem aumentar até 2025. Deve realizar-se esforços para aumentar o financiamento da adaptação, de forma a ajudar os países em desenvolvimento a satisfazer as suas necessidades de adaptação e a transformar as suas economias, para que permaneçam num caminho de baixas emissões de carbono. A transparência e a apresentação de relatórios detalhados na atribuição de financiamento em matérias climáticas continuam a ser fundamentais para garantir que os recursos não são alocados à custa da ajuda ao desenvolvimento.

Clima e Agricultura: A agricultura é um setor essencial na implementação do Acordo de Paris e na prossecução do objetivo dos 1,5 graus. Para considerar plenamente as matérias de Agricultura e Segurança Alimentar, deve ser criado um programa de trabalho que combata os impactos das alterações climáticas, incluindo as questões de adaptação, uso da terra e a necessidade de salvaguardar os direitos e a segurança alimentar.

As dimensões de Direitos Humanos, Género e Transição Justa devem ser totalmente integradas no projeto de Regulamento do Acordo de Paris.

 

As atividades da CIDSE em Bona

A CIDSE lidera  e apoia vários eventos paralelos:

Segunda-feira, 6 de novembro de 2017:

– “Agroecologia Camponesa alimenta as pessoas e arrefece o planeta”: evento co-organizado com a Via Campesina, Act Alliance & Secours Catholique – Caritas Francesa; Sala 12, Bonn Zone, 13:15 – 14:45

– “Agroecologia: Transformar o sistema alimentar mundial e combater as alterações climáticas”: evento co-organizado com a Via Campesina, Act Alliance & Secours Catholique – Caritas Francesa; People’s Climate Summit, Wissenschaftszentrum (WiZe), Ahrstrasse 45, 53175 Bonn (Sala K1), 17:00 – 19:00.

– Histórias de Mudança: Estilos de Vida Sustentáveis pelas Pessoas e pelo Planeta, Exibição do Documentário & Workshop, evento liderado pela CIDSE e FEC. People’s Climate Summit, Edifício Principal da Universidade, Primeiro Andar, Regina-Pacis Weg 1/ Am Hof 1, 53111 Bonn, 20:00 – 21:30.

Quinta-feira, 15 de novembro de 2017

– “Uma resposta transformadora às alterações climáticas: Aplicando os princípios da Laudato Si’”: evento liderado pela CAFOD, KOO e CIDSE, em colaboração com a Trocaire, Misereor e Caritas Internationalis, Bonn Zone (Sala 12), 15:00 – 16:30.

– “Transição Justa para um Futuro Sustentável com Baixas Emissões de Carbono”: evento co-organizado com a Misereor, a Friedrich Erbert Stiftung, a PAIRVI e a Parceria para o Desenvolvimento Costeiro, Bonn Zone (Sala 9), 18:30 – 20:00.

De 1 a 17 de novembro, a Exposição Fotográfica “Inspira a Mudança”, integrada na campanha da CIDSE Mudar pelo Planeta – Cuidar das Pessoas estará em exibição na Bula Zone em Bona. A exposição foi inaugurada em junho, após o encerramento do Concurso Fotográfico Inspira a Mudança, que desafiou os participantes a refletir sobre iniciativas levadas a cabo pelos cidadãos em torno da produção e do consumo sustentáveis de alimentos e energia. Foram escolhidas quinze fotografias para fazer parte da exposição.

 

As vozes das pessoas na COP23

As pessoas são a chave da mudança e têm o poder de promover uma transição justa para um mundo mais sustentável em que as pessoas e o planeta estejam em primeiro lugar.

– A CIDSE participou na Marcha pelo Clima em Bona, no sábado, 4 de novembro de 2017, com organizações e movimentos da sociedade civil alemães e internacionais, para expressar o nosso profundo compromisso e disponibilidade para agir, garantindo que as nossas vozes são ouvidas pelos líderes mundiais.

– A 14 de novembro, a CIDSE e o Movimento Católico Global pelo Clima vão realizar o webinar conjunto “Em direto da COP23: Notícias Climáticas Frescas e O que se Segue para os Católicos”, para dar a conhecer os destaques das negociações e as iniciativas levadas a cabo por cidadãos de todo o mundo. Inscreva-se aqui.

– Na sequência dos esforços desenvolvidos na COP21 no apoio a uma forte mobilização, a campanha “Mudar pelo Planeta – Cuidar das Pessoas” tem continuado a promover as vozes das pessoas e as soluções para fazer face às alterações climáticas. Acompanhe as novidades da COP23 através das páginas da campanha no Facebook e no Twitter .

 

Informações de Contacto

Para informações relacionadas com a participação da CIDSE na COP23, por favor contacte: Giulia Bondi, Responsável pelos temas de Justiça Climática e Energia bondi@cidse.org

Para informações sobre o lançamento do documentário “Mudar pelo Planeta, Cuidando das Pessoas. Histórias de Mudança”, por favor contacte: Margarida Alvim, margarida.alvim@fecongd.org

Últimas notícias…

Presentes Solidários 2021: Dar a duplicar!

Presentes Solidários 2021: Dar a duplicar!

Os Presentes Solidários da FEC estão de volta, até 6 de janeiro, com uma nova imagem, que assinala os 15 anos da iniciativa. Este ano, com apenas 10€, pode garantir a alimentação básica de uma das 60 famílias apoiadas numa das cidades mais pobres de Mato Grosso, ou,...

read more