Projeto Emanguluko: Entrega de árvores de fruto a famílias em Angola

16 Dez, 2019

No âmbito do projeto EMANGULUKO | Promoção da Resiliência nas Comunidades afetadas pela Seca na Província da Huila, decorreram a 14 e 15 de novembro os encontros municipais de Caconda (aldeia da Tchissansa) e Caluquembe (aldeia da Tchitula), respetivamente.

Estes encontros têm como objetivo aproximar as autoridades locais e as comunidades no debate sobre as necessidades e problemas, fomentando uma participação mais presente das autoridades locais no seio da comunidade. Nestes encontros, cada aldeia desenhou o seu mapa comunitário referindo as valências da aldeia e as suas necessidades que foram depois debatidas por todos os presentes, cerca de 100 pessoas repartidas entre os 2 encontros.

Nestes encontros, houve ainda espaço para entregar aos núcleos comunitários das aldeias beneficiárias do projeto um total de 385 árvores de fruto (mangueiras, tangerineiras e larangeiras), objetivo definido com os núcleos comunitários aquando do trabalho elaborado no âmbito dos planos de ação municipais. Nessa altura, refletindo-se sobre que tipo de insumos agrícolas as famílias precisavam mais de receber como inputs, as próprias comunidades referiram a importância das famílias possuírem árvores de fruto como uma “garantia de rendimento para a sua velhice, quando já não possuíssem forças para trabalhar mais a terra”, podendo tirar da venda da fruta algum rendimento para a sua subsistência. Por outro lado, o grande número de queimadas existentes na zona para a prática da venda de carvão levou também a comunidade a refletir sobre a grande necessidade de plantar novas árvores, que ajudem a equilibrar o ecossistema e a contribuir para reduzir o impacto das alterações climáticas no local.

Estas árvores foram entregues a 110 famílias integradas no projeto, que beneficiarão do acompanhamento por parte dos facilitadores de cada local, que garantirão que as plantas são tratadas e crescem convenientemente.

Esta atividade desenvolveu-se no âmbito do projeto EMANGULUKO | Promoção da Resiliência nas Comunidades afetadas pela Seca na Província da Huila, promovido em parceria pela FEC – Fundação Fé e Cooperação, Cáritas de Angola e Cáritas Arquidiocesana do Lubango, com o financiamento do Camões I.P. e da Misereor.

Últimas notícias…

FEC entrega certificados a elementos do Jardim Escola Inclusivo Bambaran

FEC entrega certificados a elementos do Jardim Escola Inclusivo Bambaran

Foi num clima de alegria e de grande entusiasmo que os elementos da equipa técnica, pedagógica e diretiva do Jardim Escola Inclusivo Banbaram receberam, no dia 9 de outubro, os certificados de formação que validam as competências e ferramentas que adquiriram, entre outubro de 2019 e setembro de 2021, ao abrigo do projeto “IN – da institucionalização à inclusão: Projeto-piloto de uma escola inclusiva”, e que lhes permitiu ir mais além, enquanto pessoas e enquanto trabalhadores.

read more
Pintura de Mural “Juntos pela Criança” em Moçambique

Pintura de Mural “Juntos pela Criança” em Moçambique

Em Moçambique, apenas 4% das crianças frequenta a Educação Pré-Escolar. Nesse sentido, o projeto Tchovar está a promover uma campanha nacional para consciencializar decisores, autoridades, pais e comunidades para a importância da Educação Pré-Escolar e a promoção da...

read more