Atividades Culturais são Dinamizadas por Artesãos em Escolas de Maputo

11 Mai, 2022

Ao longo da semana, no projeto Raízes e Cultura, os artesãos da Mozarte têm dinamizado atividades culturais em várias escolas de Maputo participantes no projeto.

Esta é uma forma das crianças contactarem diretamente com a cultura moçambicana de forma lúdica, ao mesmo tempo que os agentes educativos são inspirados a replicar este tipo de atividades com os alunos, de forma a preservar a cultura e a identidade moçambicana nas escolas.

Por estes dias, o artesão Tomás Melisse partilhou com os participantes a famosa técnica de pintura batique e a utilização de barro para criar objetos úteis para o dia a dia, tornando possível às crianças darem aso à sua imaginação e criarem obras de arte.

A atividade está inserida no Projeto Raízes e Cultura: “Empreendedorismo Cultural e Reforço da Identidade e Cultura Moçambicana”, um projeto implementado pela Fundação Fé e Cooperação em parceria com a Khandlelo – Associação para o Desenvolvimento Juvenil, financiado pelo Camões.I,P. e União Europeia em Moçambique.

Últimas notícias…