Projeto IN promove sustentabilidade das respostas de Educação Inclusiva na Guiné-Bissau 

1 Ago, 2023Guiné-Bissau, homepage, Projeto IN

Ao longo deste ano letivo, o projeto IN – Escola Inclusiva dedicou-se à promoção da sustentabilidade nos serviços do Jardim Escola Inclusivo e da Casa de Acolhimento de Bambaran (CAB), para a construção de um futuro com maior qualidade

Neste sentido, a equipa técnica da CAB recebeu formação acerca da produção de materiais de estimulação, com acesso a poucos recursos, e da sua utilização em contexto educativo e de reabilitação. Através de inúmeras oficinas, atividades práticas e acompanhamento técnico, o projeto garantiu o reforço da qualidade dos diferentes serviços, como visitas domiciliárias, intervenção cognitiva e reabilitação psicomotora.  

Sendo a continuidade destes serviços a longo prazo uma preocupação do projeto IN, nasceram também parcerias com outras organizações, como a Associação AIDA. Deste modo, o projeto garante um apoio local para a formação contínua dos serviços de fisioterapia, reabilitação cognitiva e assistência social, junto de entidades de referência a nível nacional.  

A formação das Amas foi igualmente uma prioridade por serem cuidadoras a tempo integral das crianças na Casa de Acolhimento, e, por isso, os principais agentes na sua educação e prestação de cuidados. O programa formativo das Amas foi adaptado às suas necessidades, expectativas, limitações e horários, no sentido destas atividades integrarem os normais serviços da Casa e complementarem o dia-a-dia da equipa.  

O IN – Escola Inclusiva: Qualidade da oferta e Sustentabilidade é um projeto financiado pela Cáritas Alemã e implementado pela Cáritas Guiné-Bissau em parceria com a FEC. 

Para mais informações sobre o projeto, consultar aqui

Últimas notícias…