Portugal

Educação, Conhecimento e Competências

 

“O sentir-me útil, estender a mão e segurar, amparar e encorajar fazem parte de mim e não consigo fazer nenhuma destas coisas que referi sem algo fundamental: o Amor. (…) O verdadeiro grito de liberdade de expressão deste Amor deu-se em mim no momento em que resolvi sair da minha zona de conforto, deixar tudo e partir, utilizando o tempo das minhas férias laborais de forma diferente do usual.”

Patrícia Santiago – voluntária em Angola através da Rede de Voluntariado Missionário

Boa Governação
e Advocacia

 

A formação em Gestão de Desastres e Riscos fez-me refletir sobre muitas questões e, profissionalmente, abriu-me novos horizontes. (…) não só me permitiu compreender melhor os conceitos e procedimentos, como também me deu muitas ideias para implementar no meu trabalho, principalmente no que respeita à prática e à metodologia.

Sofia Esteves – Gestora de Projetos de Cooperação na FEC

Cidadania Global e Direitos Humanos

 

Todas as palestras ou discussões que presenciei foram, sempre e somente, sobre partilhar ideias – descobrir o outro lado, outro ponto de vista ou simplesmente conhecer um pouco mais. Ninguém queria estar certo, todos estavam realmente interessados em ouvir. Havia muita liberdade e respeito na nossa comunicação. Eu acho que é a chave para crescermos juntos.

Madalena Meneses – Voluntária FEC

Crianças consciencializadas para os Direitos da Criança

Portugueses em projetos de Voluntariado Missionário

Jovens voluntários europeus envolvidos no processo de reconhecimento de competências

Assinaturas recolhidas na petição para o Dia Nacional do Desenvolvimento Global

O nosso trabalho em Portugal

Capacitação de Voluntários

A Rede de Voluntariado Missionário é constituída por mais de 60 organizações de inspiração cristã que desde 1988 enviam voluntários para outros continentes, sobretudo para a África lusófona, Brasil e Timor Leste. Os Voluntários Missionários são todos os leigos que, em ligação com uma das entidades associadas a este movimento, querem trabalhar em projetos de cooperação ou evangelização com a Igreja Católica.

Direitos da Criança

O projeto “Crianças com Direitos” aposta na elaboração de materiais didático-pedagógicos (nas vertentes artísticas da literatura, música e fotografia) e na conceção de materiais de comunicação / sensibilização, baseados em histórias reais, narradas e protagonizadas por crianças portuguesas e guineenses que retratam a forma como o acesso aos seus direitos lhes é facilitado ou vedado. Este projeto encontra-se alinhado com a Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento.
z

Desenvolvimento Local e Advocacia Social

O projeto aTerra da FEC em parceria com a Associação Casa Velha – Ecologia e Espiritualidade, Ourémviva e ACTUAR, capacita e integra pequenos agricultores e produtores, mobilizando cerca de 700 jovens e dinamizando redes locais para o desenvolvimento sustentável, em Ourém e Fátima, mas também em redes nacionais e internacionais.

Últimas notícias dos nossos projetos em Portugal

FEC organiza debates no âmbito dos Projetos Coerência e Tod@s

FEC organiza debates no âmbito dos Projetos Coerência e Tod@s

Esta quinta-feira, dia 23 de maio, a FEC organiza dois debates no âmbito dos projetos Coerência e TOD@S. Pelas 09h30, o Projeto Coerência promove o debate, moderado por Paulo Baldaia (Expresso), com Candidatos Portugueses ao Parlamento Europeu sobre o contributo da...

Democracias em Crise: Vozes Unidas pela Justiça Global

Democracias em Crise: Vozes Unidas pela Justiça Global

Nesta quarta-feira, dia 8 de maio, os diretores de todas as organizações membro da CIDSE - Família Internacional de Organizações Católicas de Justiça Social assinaram uma declaração conjunta que tem como título “Democracias em Crise: Vozes Unidas pela Justiça Global”:...

A caminho, para lá do horizonte

A caminho, para lá do horizonte

Artigo de Ana Patrícia Fonseca, publicado no Ponto SJ. Pode ser consultado aqui. Treinar o olhar para lá do horizonte que conseguimos alcançar é um exercício que exige persistência (individual e coletiva) e, sobretudo, vontade (pessoal e política). Existe um limite...

COP28: Justiça Climática exige mais ações

COP28: Justiça Climática exige mais ações

“Não há tempo para distrações ou soluções falsas. A ciência é clara: não há alternativa para evitar uma catástrofe climática. Sem um plano de adaptação ou um mecanismo de financiamento justo, realista e enraizado na solidariedade, os países vulneráveis permanecerão...

Lisboa

Porto

Santa Maria da Feira

Ourém

Faro

Coimbra