FEC, FGS e VIDA PREPARAM RESPOSTA PÓS-EMERGÊNCIA PARA OS PRÓXIMOS 5 ANOS EM MOÇAMBIQUE

22 Mar, 2019

FEC – Fundação Fé e Cooperação, a FGS – Fundação Gonçalo da Silveira e a ONG VIDA estão a preparar um programa de intervenção pós-emergência com a duração de 5 anos, em estreita articulação com a Cooperação Portuguesa, que pretende trazer normalidade às crianças e famílias afetadas na província de Sofala pela passagem do Ciclone Idai.

Numa fase posterior à intervenção de emergência e socorro, as três organizações portuguesas irão contribuir para a reconstrução das mais de 600 salas de aula que ficaram destruídas e garantir o regresso à escola de 14.000 crianças. Neste momento, estima-se que 48% dos afetados são crianças que ficaram sem acesso a estruturas escolares, seja porque as suas escolas foram destruídas, ou porque estão a servir como centros de abrigo e acolhimento.

“Numa fase posterior, quando baixar o nível das águas, vamos fazer um levantamento de estruturas danificadas e possibilitar a estas crianças um regresso à normalidade e acesso à aprendizagem.” – Tiago Coucelo, coordenador da FEC em Moçambique.

O apoio à recuperação da região, completamente devastada pelo vento e pelas chuvas, terá uma primeira fase, com a duração de 6 meses, para apoiar a reconstrução de espaços de acolhimento de crianças e das suas famílias, nos distritos da Beira e Búzi. O apoio à região afetada passará pela reconstrução de estruturas básicas de educação, implementação de estruturas temporárias de ensino (tendas provisórias) e distribuição de kits escolares.

Simultaneamente, será realizado um levantamento no terreno para identificar as necessidades de infraestruturas escolares e de saúde e, posteriormente, apresentar a resposta pós-emergência integrada para os próximos 5 anos, que permita um regresso das crianças e das suas famílias à normalidade.Este levantamento será assegurado pela FEC, pela FGS e pelo VIDA, através da sua presença no local e em articulação com os parceiros e autoridades da região.

A reconstrução das escolas e outras infraestruturas poderá ser apoiada através da conta de emergência “Ajuda a Moçambique”, criada pela Fundação Gonçalo da Silveira:

Conta: FGS Emergência Moçambique 2019
Nº de conta: 000 10 591814-8
IBAN: PT50 0036 0000 9910 5918 1487 7

Ver comunicado aqui.

Últimas notícias…

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

FEC lança projeto “Nô Cirbe Nô Povo”

No dia 30 de maio, em Gabú, a FEC fez a apresentação oficial do projeto “Nô Cirbe Nô Povo – Capacitação da Administração Local para o Desenvolvimento Económico e Social”. Daniele Oliveira, gestora do projeto, e Francisco Pereira, Delegado Regional do Plano e...

read more
Share This