Conversa Coerente com Josianne Gauthier em Lisboa

11 Abr, 2018

No dia 14 de março, na sede da FEC, em Lisboa, teve lugar mais uma conversa coerente sob o mote “repensar o desenvolvimento”, com a participação da atual Secretária-geral da Rede CIDSE, sediada em Bruxelas, Josianne Gauthier.

Para a Secretária-geral da CIDSE, é necessário uma “mudança de lógica” na elaboração de políticas, que atualmente se centram em demasia na sua dimensão económica. Para Gauthier, o atual modelo de desenvolvimento, que leva “ao extremo os limites da terra”, não está a funcionar e deve ser desconstruído. O trabalho a ser feito não cabe só às organizações, mas é também uma responsabilidade individual: “temos de ser coerentes nas nossas vidas pessoais, nas nossas comunidades e países, se de facto queremos ser credíveis quando propomos um modelo diferente de desenvolvimento”.

A encíclica do Papa sobre ecologia humana, refere Gauthier, contribuiu muito para alterar a forma como se olha para estes problemas. “A Laudato Si diz-nos que há uma crise humana e uma crise ecológica, e que as duas estão ligadas. E se os problemas estão ligados, então as soluções também têm de estar ligadas, não podem estar isoladas ou separadas”, sublinha.

As conversas coerentes inserem-se no âmbito do projeto coerência.pt, uma parceria entre a FEC, o IMVF e a CIDSE, cofinanciada pelo Instituto Camões, que tem em vista a promoção de políticas públicas coerentes e sustentáveis. A conversa com Josianne Gauthier foi conduzida por Octávio Carmo, Chefe de Redação da Agência Ecclesia, e pela Diretora Executiva da FEC, Susana Réfega.

Foto: Paulo C. Santos | Âmago

Últimas notícias…