FEC entrega certificados a elementos do Jardim Escola Inclusivo Bambaran

13 Out, 2021

Foi num clima de alegria e de grande entusiasmo que os elementos da equipa técnica, pedagógica e diretiva do Jardim Escola Inclusivo Banbaram receberam, no dia 9 de outubro, os certificados de formação que validam as competências e ferramentas que adquiriram, entre outubro de 2019 e setembro de 2021, ao abrigo do projeto “IN – da institucionalização à inclusão: Projeto-piloto de uma escola inclusiva”, e que lhes permitiu ir mais além, enquanto pessoas e enquanto trabalhadores.

O projeto-piloto tem como meta contribuir para que o Jardim Escola Inclusivo da Casa de Acolhimento Bambaram, em Bissau, se assuma como referência a nível nacional, dando resposta às necessidades educativas especiais de crianças e alunos, através do aumento da qualidade e do acesso a uma educação inclusiva nos serviços prestados pela instituição e, no sentido lato, da promoção de uma sociedade guineense mais inclusiva.

Nesta segunda fase do projeto, a intervenção priorizou uma abordagem inclusiva no espaço e na cultura escolar, nomeadamente na formação dos recursos humanos, designadamente da direção da escola, equipa pedagógica, equipa técnica, assim como das famílias e da comunidade, onde são explorados conteúdos de inclusão e intervenção precoce. Iniciativas que descrevem bem o provérbio chinês que diz: “Não pesques pelo teu amigo, ensina-o a pescar.”

Esta fase chegou ao fim, mas o trabalho ainda não terminou. Como tal, já está em marcha uma próxima edição intitulada Projeto IN | Escola inclusiva: qualidade da oferta e sustentabilidade, 2021-2022 que visa o aumento da oferta escolar do 2.º Ciclo do Ensino Básico, a sustentabilidade deste estabelecimento e o reforço da qualidade dos processos formativos e de intervenção técnica orientados para que todas as crianças recebam um melhor serviço e cuidados adaptados às suas necessidades.

O projeto “IN: da Institucionalização à Inclusão” é um projeto financiado pela Caritas Alemã e implementado pela FEC em parceria com a Caritas Guiné-Bissau.

Últimas notícias…

Como se sobrevive à pandemia nas ruas de Luanda?

Como se sobrevive à pandemia nas ruas de Luanda?

Conheça esta realidade através do documentário Nzila Ngola (Angola’s Path) que será exibido amanhã, dia 21 de outubro no Festival de Cinema da UNICEF. Este documentário conta como os vendedores de rua e as crianças lutam pela sobrevivência nas ruas de Luanda durante a...

read more