Mosaiko facilita formação sobre o Direito à Terra na Huíla

3 Dez, 2017

Mosaiko  facilitou uma formação sobre o Direito à Terra, de 29 de Novembro a 1 de Dezembro, na comuna de Capelongo,  município da Matala, província da Huíla.

A actividade congregou 94 pessoas, dentre as quais 79 homens e 15 mulheres, e contou com a participação de representantes de distintas instituições locais.

Durante os três dias de formação, a equipa do Mosaiko reflectiu com os participantes sobre o direito às terra, começando pela análise do contexto de aquisição de terras na província e no município.

Abordaram também sobre a relação do Ser Humano com a Terra, a base legal de protecção do Direito à Terra, os pressupostos na constituição, exercício, modificação e extinção dos Direitos que se podem constituir sobre a Terra, os princípios e classificação dos terrenos, o processo de concessão dos Direitos de terra e os meios de defesa dos direitos à Terra.

A equipa do Mosaiko foi constituída pelo advogado Hermenegildo Teotónio, a coordenadora da Biblioteca Mosaiko Cecilia Prudencio, a jornalista voluntária Patrícia Martínez e o Osvaldo Tomás, na logística.

A formação foi organizada pelo Núcleo de Direitos Humanos da Matala e teve o apoio da Fundação Fé e Cooperação, Misereor e do Instituto Camões.

Notícia do Mosaiko – ver original aqui.

Últimas notícias…

Exposição Tantas Vezes Digo ao Orvalho Sou Como Tu

Exposição Tantas Vezes Digo ao Orvalho Sou Como Tu

Tantas vezes digo ao orvalho sou como tu é o nome da nova exposição que inaugura quinta-feira, dia 1 de outubro, às 18h, na Brotéria. Refletir sobre a problemática ambiental, percecionada através dos sentidos que os artistas nos provocam, foi o propósito...

read more