Artesãos unem-se numa “Peça Única” na Guiné-Bissau

3 Ago, 2018

A partir de julho, em Bissau, encontra-se aberto ao público de segunda a sexta, das 15h00 às 18h00, o Atelier “Peça Única”. O novo espaço de promoção do artesanato da Guiné-Bissau, apoiado pela União Europeia, pela Misereor e pela Cooperação Portuguesa.

Inaugurado a 27 de junho, o Atelier “Peça Única” surge como um espaço de formação técnica, de gestão de negócio e de acesso a equipamentos e ferramentas para a criação, pretendendo oferecer peças únicas que potenciem e promovam a cultura guineense. De braços dados com a tradição, a inovação e a interculturalidade, aí serão desenvolvidos e expostos para venda materiais lúdico-pedagógicos que respeitem e espelhem a cultura da Guiné-Bissau, peças de design (também por encomenda), bem como serão prestados serviços de restauro.

A FEC e a ENGIM promovem o Atelier “Peça Única” no âmbito do projeto “Cultura i nô Balur: Uma Estratégia de Educação para a Cultura na Guiné-Bissau”, financiado pela União Europeia, pela Misereor e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. Neste momento, encontram-se associados a este espaço os grupos de artesãos Tony Claire, Sindjidura D’Arte, Alfaitaria Comunitária de Antula, Coope Bontche e Ferra Artesanato.

Porque cada peça é única

Para Maria Coutinho, responsável pela formação de artesãos no que respeita à aquisição de competências de design, gestão e produção de materiais/artesanato, a abertura deste espaço cruza-se com as pessoas que aí se têm vindo a reunir e a assumir um compromisso. “Daqui para a frente é começarmos cada vez mais a mostrarmos os trabalhos que se desenvolvem, a desenvolver mais produtos, a trabalhar mais a comunicação…”, avança. Algo que para Zaida Correia Lopes Pereira, reitora da Universidade Católica da Guiné-Bissau, pode conciliar-se com os conhecimentos produzidos no âmbito da pós-graduação em Educação Intercultural e Formação Contínua em Cultura e Tradição da Guiné-Bissau, promovidas no âmbito do projeto Cultura i nô balur. Para Solange Tchuda, artesã da Sindjitura D’Arte, trata-se de um “projeto inovador que está a juntar artesãos que não se conheciam antes e que agora têm a oportunidade de trabalhar num mesmo espaço”. Aí “temos materiais disponíveis” e “podemos realizar as nossas tarefas diárias”, concretiza. Já para Tony Cardoso, artesão da Tony Claire, a “emoção é grande”. “De vez em quando pegava numa folha para fazer uns desenhos mas não valorizava o meu trabalho”, mas, “depois de conhecer este espaço, a minha vida mudou”, confidencia-nos, esperando que esta venha a ser “uma longa caminhada”.

Na perspetiva de Sofia Alves, representante da FEC na Guiné-Bissau, “a abertura deste atelier marca um ponto de realização no que toca à intervenção da FEC a nível de estrutura na Guiné-Bissau” naquele que considera “um espaço de crescimento que estamos a dar neste campo da economia criativa”. Um fazer “mais e melhor” no campo do artesanato, “potenciando economicamente”, por um lado, o trabalho dos artesãos e, por outro, “dando visibilidade à Cultura da Guiné-Bissau.” Falamos de uma “peça única” a ser preservada, na sua diversidade, como sublinha por seu turno Duccio Ferraro. Para o representante da ENGIM na Guiné-Bissau – parceira do Cultura i nô balur, no campo da formação em empreendedorismo e plano de negócios para os artesãos – “a cultura guineense é efetivamente uma peça única no panorama internacional” e “o mainstreaming nacional não tem meios, por si só, para a suster”, pondera, sublinhando, por isso, a importância da sua valorização e divulgação.

O Atelier “Peça Única” fica agora a aguardar por visitas e muita partilha.

Atelier “Peça Única”
Rua Severino Gomes de Pina (conhecida Rua 10), anexo ao Escritório Regional da FEC de SAB/Biombo, Bissau
00245 965 324 079

Últimas notícias…

Projeto EKEVELO arranca os trabalhos no município do Virei

Projeto EKEVELO arranca os trabalhos no município do Virei

No passado dia 13 de outubro de 2020 a equipa do projeto EKEVELO - Esperança na Resiliência: Reforço da Segurança Alimentar e Nutricional das comunidades no município do Virei deslocou-se ao município do Virei para reuniões de planeamento e início das atividades....

read more