Sessões de Visualização do Documentário “O Dia de Amanhã” em Moçambique

18 Fev, 2019

No âmbito do projeto Othukumana II, foi produzido pela Associação Ao Norte, um documentário sobre as Escolinhas Comunitárias do Niassa (ECN), filmado nas várias comunidades da província que dinamizam estas escolinhas – ” O Dia de Amanhã”. O documentário apresenta o contexto das ECN ao longo dos 20 anos de implementação deste projeto por parte dos Leigos para o Desenvolvimento, no momento em que a responsabilidade e gestão das atividades está a ser transferida para a Diocese de Lichinga.

No seguimento da realização do documentário, foram organizadas, durante o mês de fevereiro, várias sessões de apresentação do documentário em diversas comunidades, de forma a que os protagonistas desde trabalho pudessem ter acesso ao produto final, que retrata as suas comunidades e aquele que é o seu empenho diário.

Esta é uma atividade do projeto Othukumana – Juntos II, implementado pela Diocese de Lichinga, em parceria com a FEC e os Leigos para o Desenvolvimento e com assessoria técnico-pedagógica da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti e com o apoio da Misereor e Kindermissionswerk. As Escolinhas Comunitárias do Niassa contam ainda com o apoio da JFS SAN – Sociedade Algodoeira do Niassa e Listas Telefónicas de Moçambique.

Últimas notícias…

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Mais de 30 organizações da sociedade civil portuguesa apelam ao envio urgente de ajuda humanitária para Cabo Delgado, Moçambique A população de Cabo Delgado, em Moçambique, está a viver, desde há quatro anos, violentos ataques, que já fizeram mais de 700.000...

read more
Ciclo de Webinars | Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir?

Ciclo de Webinars | Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir?

No momento em que Portugal assume a Presidência do Conselho da União Europeia, a FEC, o IMVF e a CIDSE convidam-no a participar no Ciclo de Webinars “Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir? A alimentação que queremos. O planeta que defendemos. As políticas que...

read more