Projeto “Cultura i nô balur” inicia Mestrado e Formação Contínua na Guiné-Bissau

30 Abr, 2019

No dia 27 de abril tiveram início, em Bissau, as aulas do Mestrado em Educação com Especialização em Supervisão e Orientação da Prática Profissional do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (IE-UL).

As aulas decorrem nas instalações da Universidade Católica da Guiné-Bissau (UCGB) até maio de 2020, no âmbito de uma parceria realizada pelo projeto “Cultura i nô balur”. O mestrado conta com 15 alunos que concluíram a pós-graduação em Educação Intercultural do IE-UL, realizada no quadro do mesmo projeto.

No mesmo dia teve início, também na UCGB, a segunda edição da Formação Contínua “Cultura e Tradição da Guiné-Bissau em Contexto Educativo”. A formação conta com 88 alunos das áreas de Educação Básica e de Educação de Infância e as aulas decorrem ate dia 22 de junho, num total de 48 horas.

Ambas as atividades fazem parte do projeto “Cultura i nô balur – Uma Estratégia de Educação para a Cultura na Guiné-Bissau”, desenvolvido pela FEC em parceria com a ENGIM, a Universidade Católica da Guiné-Bissau, o Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, a Associação de Escritores da Guiné-Bissau e a Afectos com Letras, com financiamento da União Europeia, da Misereor e do Camões, I.P.

Últimas notícias…

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Mais de 30 organizações da sociedade civil portuguesa apelam ao envio urgente de ajuda humanitária para Cabo Delgado, Moçambique A população de Cabo Delgado, em Moçambique, está a viver, desde há quatro anos, violentos ataques, que já fizeram mais de 700.000...

read more