Entrevista TSF: Programa Cidadãos Ativos

16 Mar, 2020

Oiça aqui a entrevista completa de Maria Marques, gestora do projeto CALL – Communication and Advocacy Learning Lab, à TSF.

‘As tecnologias imersivas e o storytelling podem ajudar as organizações a conseguirem mudanças sociais. Para que tal aconteça, a Fundação Fé e Cooperação (FEC) vai abrir um concurso para formar entidades que queiram influenciar políticas públicas.

Com a forma de comunicar com o público a mudar, Maria Marques, da FEC explica que “as ONG têm uma imensa dificuldade em acompanhar estas mudanças vertiginosas” e, por outro lado, está a assistir-se a uma “crescente digitalização” que pode ser utilizada de diversas formas.

“As ONG portuguesas ainda usam muito a questão da comunicação e reduzem a comunicação a uma questão de quase relações públicas, de identidade, de reputação e não utilizam as ferramentas de comunicação para mobilizar e influenciar os seus públicos para a transformação social, daí a importância de dominarem essas novas ferramentas e de conseguirem navegar neste ecossistema para conseguirem levar os seus públicos-alvo a se interessarem para o bem comum e o interesse público”, explica a responsável.’

Fonte: TSF

 

 

Últimas notícias…

Ciclo de Webinars | Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir?

Ciclo de Webinars | Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir?

No momento em que Portugal assume a Presidência do Conselho da União Europeia, a FEC, o IMVF e a CIDSE convidam-no a participar no Ciclo de Webinars “Desenvolvimento Global: Agir ou Reagir? A alimentação que queremos. O planeta que defendemos. As políticas que...

read more
Moçambique | Livrotecas móveis na comunidade de Chamanculo

Moçambique | Livrotecas móveis na comunidade de Chamanculo

Pela primeira vez no projeto Tchovar | Empurrar pela educação de infância nos bairros de Maputo, em Moçambique, realizou-se uma atividade de Itinerância de Livrotecas Móveis na comunidade de Chamanculo C, em colaboração com a Escolinha Comunitária Mamanas de...

read more