Moçambique – “Livrotecas móveis” prontas para promover o acesso ao livro junto de crianças em idade pré-escolar

20 Mai, 2020

No âmbito do projeto “Tchovar – empurrar pela educação de infância nos bairros de Maputo”, foram construídas 15 “livrotecas móveis” pelos artesãos do Mozarte, para circularem nas comunidades e estabelecimentos pré-escolares abrangidos pelo projeto.

As “livrotecas” são uma inovação pedagógica, criada para facilitar o acesso ao livro, através de “contadores de histórias” formados pelo projeto. Os “contadores de histórias” são formados nos seguintes conteúdos programáticos: animação de leitura, criação de histórias e proteção da criança.
Cada “livroteca” tem um KIT composto por livros de diversas temáticas, giz e apagador, fantoches, entre outros itens.
Esta iniciativa pretende que as crianças sejam ativas na construção do conhecimento e no seu desenvolvimento, que sejam crianças mais livres, seguras e confiantes em si próprias, e mais bem preparadas para ingressarem no ensino básico.

A construção das “livrotecas” foi terminada no presente mês. O Centro Juvenil de Artesanato – Mozarte, teve de se adaptar ao momento que o Mundo está a enfrentar, garantindo todas as medidas de segurança no trabalho impostas pelo Governo Moçambicano.
O Diretor do Mozart deixa um pequeno testemunho sobre este trabalho e o significado que teve para a equipa do Mozart finalizar a construção das “livrotecas móveis”:

“Terminar esse trabalho tem um significado bastante importante para nós, na medida em que a primeira medida que foi tomada, logo depois de registarmos o primeiro caso de contaminação de Covid-19 em Moçambique, foi a suspensão das aulas. Isso quer dizer que o grupo-alvo do projeto Tchovar, as crianças, está confinado em casa.
Então há um sentimento de esperança, que ao finalizar o trabalho, logo que voltemos à normalidade, podemos impulsionar o hábito e o gosto pela leitura dentro das Crianças.”

Ludgero Gemo – Diretor do Mozarte

 

O Projeto Tchovar é uma parceria da FEC – Fundação Fé e Cooperação, Khandlelo (Associação Para o Desenvolvimento Juvenil), Mozarte (Centro Juvenil de Artesanato), ESE-PF (Escola Superior e Educação de Paula Frassinetti) e Universidade Pedagógica com financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian e cofinanciamento do Camões, I.P..

Últimas notícias…

Oportunidades criadas em tempos de COVID-19

Oportunidades criadas em tempos de COVID-19

A pandemia lançou-nos diversos desafios organizacionais e na implementação dos projetos que desenvolvemos. Obrigou-nos a pensar e definir planos de contingência, a cuidar da relação com parceiros e mesmo com comunidades à distância, a promover uma proximidade digital....

read more