Exposição Tantas Vezes Digo ao Orvalho Sou Como Tu

28 Set, 2020

Tantas vezes digo ao orvalho sou como tu é o nome da nova exposição que inaugura quinta-feira, dia 1 de outubro, às 18h, na Brotéria.

Refletir sobre a problemática ambiental, percecionada através dos sentidos que os artistas nos provocam, foi o propósito deste encontro entre o ativismo de duas organizações da sociedade civil – FEC – Fundação Fé e Cooperação e Associação Casa Velha – e uma Galeria de Arte – a Brotéria.

A inauguração da exposição continuará com a conversa “Arte, ética ambiental e espiritualidade”, às 19h30, entre Rui Martins e Sofia Guedes Vaz, moderada por Ana Patrícia Fonseca da FEC. A conversa será limitada aos participantes inscritos e transmitida online, em direto, na página de Facebook da FEC. As inscrições deverão ser realizadas junto da organização, através do email anapatricia.fonseca@fecongd.org.

Nos últimos meses, a utilização do prefixo «pan» tem-nos feito experimentar mais radicalmente o inevitável modo sistémico em que se compõe a existência no tempo e no espaço universais. A FEC e a Associação Casa Velha uniram-se à Brotéria, numa tentativa de traçar uma revisitação visual da encíclica do Papa Francisco Laudato Si: Sobre o Cuidado da Casa Comum, que nos lembra que “tudo está interligado”, desenhando um ritual de reorganização da consciência integral da Natureza através de uma experiência artística imersiva.

As três instituições convocaram para o espaço urbano um encontro com a matéria da terra, sinalizando, através da raiz da árvore (Alberto Carneiro), da marcação primitiva da incidência do sol (Sérgio Carronha), de um relicário de paisagens (Baralho) e do gesto primordial da oferta do pão (Rita RA), um enraizamento com própria natureza humana, indissociável do nosso lugar na ordem dos elementos.

A exposição está patente na galeria da Brotéria, no Bairro Alto, até sábado dia 28 de novembro de 2020, de segunda a sábado, das 10h às 18h. A entrada é gratuita, com lotação limitada.

Outras informações aqui.

Esta é uma iniciativa do projeto Juntos Pela Mudança, promovido pela FEC, a Associação Casa Velha e a CIDSE, com o cofinanciamento do Camões, I.P..

Últimas notícias…

Natureza em declínio

Natureza em declínio

Se ainda acha que não é preciso garantir a coerência das políticas para o desenvolvimento para assegurar que estamos, de facto, alinhados com os princípios e práticas da sustentabilidade, é necessário que conheça o relatório da Agência Europeia do Ambiente (AEA),...

read more