29 e 30 de junho – Dias da Ciência em Bissau

27 Jun, 2018

O Ministério da Educação, Ensino Superior, Juventude, Cultura e Desportos em parceria com a FEC – Fundação Fé e Cooperação e com o apoio da Cooperação Portuguesa, da União Europeia e da Universidade Lusófona, promove nos dias 29 e 30 de junho os Dias da Ciência, no Museu Etnográfico, em Bissau. Uma iniciativa subordinada ao tema “A Ciência e a Tecnologia como promotoras da Economia e do Desenvolvimento”, dirigida em particular a alunos do Ensino Secundário. O objetivo é promover o acesso à Ciência como um direito fundamental, proporcionando um encontro entre os diversos atores operantes neste domínio na Guiné-Bissau e a comemorando o Dia do Renascimento Científico Africano, celebrado a 30 de junho.

A I Semana da Ciência na Guiné-Bissau realizou-se de 30 de Junho a 7 de Julho de 2015 tendo sido organizada por diversas organizações participantes sob promoção do Ministério da Educação através da sua Secretaria de Estado do Ensino Superior e Ciência. O evento recebeu críticas muito positivas, ficando acordado que outro evento congénere se realizaria no futuro. Urge por isso, a realização de um novo dia dedicado à Ciência na Guiné-Bissau, que sensibilize a sociedade para a importância do conhecimento científico, que promova encontros e partilha entre os diversos parceiros e  provoque novos desafios.

 

Programa previsto:

Dia 1 – 29 de Junho

Sessão de Abertura – 10h
Mesa de abertura: representantes das instituições parceiras e financiadoras: MEESJCD, FEC, CICL, UE, Universidade Lusófona, Direção-Geral da Cultura, Museu Etnográfico Nacional

Pausa café e entrega do passaporte da ciência – 11h

Mesa redonda – 11h30 às 13h00
Título: É possível fazer investigação científica na Guiné-Bissau?
Oradores confirmados: Zaida Pereira (doutorada em Linguística), Jalica Gomes (doutorada em Geologia) e João Paulo Pinto Có (doutorado em Ciências Sociais)
Moderador: Rui Sá (Técnico Formador de Biologia na FEC)

 Abertura dos stands experimentais e dos stands de divulgação das instituições de Ensino Superior– 14h30 às 18h00

Língua Portuguesa
Objetivos: fornecer ferramentas para uma aprendizagem mais eficaz da Língua Portuguesa na Guiné-Bissau; promover o trabalho de sistematização das línguas locais.
Atividades: consciência metalinguística; línguas da Guiné-Bissau.

Biologia
Objetivos: proporcionar o contacto com a microscopia de modo a que o indivíduo possa disfrutar de um mundo biológico fascinante indisponível ao olho sem ajuda; promover o contacto com material botânico recolhido através do manuseamento de exsicatas representativas das principais famílias botânicas guineenses, bem como descobrir as principais técnicas de herborização; explorar o conceito de ADN através de atividades de biologia molecular e genética.
Atividades: o fascínio das plantas; o micromundo; visualização molecular.

Física
Objetivos: promover a física, ciência que esta presente no dia-a-dia; demonstrar alguns fenómenos físicos.
Atividades: ilusão de ótica – apresentação de algumas lotarias da Ótica; estática dos fluídos – é magia ou ciência?

Matemática
Objetivos: demonstrar a matemática como ferramenta pratica para soluções do dia-a-dia; suscitar a curiosidade através de jogos matemáticos.
Atividades: a Espionagem e a Matemática; métodos não tradicionais de fazer contas (ex.: método maia, método hindu, da matriz, de Pitágoras).

 Palestra 1 – 15h30 às 17h30
Título: Terminei o Ensino Secundário: e agora? – Ensino Superior: oportunidades e desafios
Orador: Garcia Bedeta (especialista em Ciências da Educação) 

 Dia 30 de Junho

 Stands experimentais e Stands de divulgação das instituições de Ensino Superior – 09h00 às 13h00

Palestra 2 – 10h00 às 11h00
Título: Como poderá a Ciência ajudar a mitigar alguns dos principais problemas na Guiné-Bissau?
Orador: Aladje Baldé (doutorado em Biologia)

 Atividade final – Controlo dos passaportes + quiz – 15h

 Sessão de encerramento – 16h

Para mais informações, enviar um email para anafilipa.lacerda@fecongd.org

Últimas notícias…

Oportunidades criadas em tempos de COVID-19

Oportunidades criadas em tempos de COVID-19

A pandemia lançou-nos diversos desafios organizacionais e na implementação dos projetos que desenvolvemos. Obrigou-nos a pensar e definir planos de contingência, a cuidar da relação com parceiros e mesmo com comunidades à distância, a promover uma proximidade digital....

read more