FEC lança Prémio Literário de Contos Infantis em Moçambique

8 Ago, 2019

No âmbito do projeto Raízes e Cultur@, financiado pela União Europeia e pelo Camões, I.P., teve lugar no dia 6 de agosto, na E.P.C. Amílcar Cabral, em Maputo, o lançamento do NJINGUIRITANE – PRÉMIO LITERÁRIO DE CONTOS INFANTIS.

Este Prémio tem como objetivo promover hábitos de leitura e escrita em literatura Infanto-juvenil e estimular a produção de trabalhos e de oportunidades para novos talentos e para autores moçambicanos através de contos infantis inéditos em língua portuguesa.

Serão atribuídos dez (10) prémios e após a seleção destes, será aberto um novo concurso de ilustrações para complementar estes trabalhos, que depois serão editados e distribuídos gratuitamente.

As inscrições estão abertas entre os dias 6 de agosto e 26 de setembro de 2019 e as candidaturas dividem-se em duas categorias:

Categoria 1: Crianças e adolescentes moçambicanos [dos 10 aos 17 anos de idade], singulares ou em grupo de até máximo de três (3) elementos;

Categoria 2: Adultos moçambicanos singulares.

O Regulamento, candidaturas e outras informações estão disponíveis aqui.

O lançamento do concurso contou com a presença de escritores da Associação de Escritores de Moçambique (AEMO), Miguel Ouana e Amosse Mucavele, da FEC, Khandlelo, ATES-UCP e diretores e professores de escolas da ação do projeto Raízes e Cultur@. A secretária da AEMO ofereceu vários livros à Escola onde decorreu o lançamento, enriquecendo este momento de interação com os seus parceiros, comunidades locais e públicos-alvo do projeto.

O nome atribuído ao Prémio, Njinguiritane, constitui uma homenagem à página infantil do jornal Domingo, que na década de 80 publicou textos recreativos para crianças, constituindo o berço da literatura infantil moçambicana.

Últimas notícias…