12 de agosto | O papel das Associações Culturais moçambicanas na promoção de Serviços e Bens Culturais

9 Ago, 2021

No próximo dia 12 de agosto, às 10h (hora de Moçambique), a FEC promove, no âmbito do projeto Raízes e Cultur@, uma sessão online, via zoom, dedicada ao tema “O papel das Associações Culturais moçambicanas na promoção de Serviços e Bens Culturais”, dinamizada por Rosendo Mate, como orador convidado, e moderada por António Cabrita.

Para participar basta aceder ao link: zoom.us/j/88925496620

Rosendo Mate é Mestre em Ciências de Educação, pela Escola de Pós Graduação da Universidade São Tomas de Moçambique, e licenciado em História, pela Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane. É também docente de História e Património Cultural no Instituto Superior de Artes e Cultura formador, supervisor, consultor e tutor nas áreas de Educação, Património Cultural e História. É ainda mentor do projeto “Pelo Património” e recentemente publicou o Livro intitulado Património Cultural como recurso Educacional em Moçambique.

Esta sessão tem como objetivo dar a conhecer mecanismos de gestão de serviços e bens culturais, refletir sobre a importância do domínio dos conceitos “Serviços culturais” e “ Bens culturais”, e explorar os fundamentos da cultura enquanto património e a sua importância no contexto associativo cultural moçambicano.

O projeto Raízes e Cultur@ – Empreendedorismo cultural e reforço da identidade e cultura moçambicana resulta da parceria entre FEC, Associação Khandlelo, Mozarte, Instituto para a Promoção das Pequenas e Médias Empresas (IPEME), Associação de Escritores Moçambicanos (AEMO), Área Transversal de Economia Social da Universidade Católica Portuguesa (ATES – UCP) e é financiado pela União Europeia e pelo Camões, I.P..

Últimas notícias…

FEC entrega certificados a elementos do Jardim Escola Inclusivo Bambaran

FEC entrega certificados a elementos do Jardim Escola Inclusivo Bambaran

Foi num clima de alegria e de grande entusiasmo que os elementos da equipa técnica, pedagógica e diretiva do Jardim Escola Inclusivo Banbaram receberam, no dia 9 de outubro, os certificados de formação que validam as competências e ferramentas que adquiriram, entre outubro de 2019 e setembro de 2021, ao abrigo do projeto “IN – da institucionalização à inclusão: Projeto-piloto de uma escola inclusiva”, e que lhes permitiu ir mais além, enquanto pessoas e enquanto trabalhadores.

read more
Pintura de Mural “Juntos pela Criança” em Moçambique

Pintura de Mural “Juntos pela Criança” em Moçambique

Em Moçambique, apenas 4% das crianças frequenta a Educação Pré-Escolar. Nesse sentido, o projeto Tchovar está a promover uma campanha nacional para consciencializar decisores, autoridades, pais e comunidades para a importância da Educação Pré-Escolar e a promoção da...

read more