FEC dá formação a agentes sociocomunitários na Guiné-Bissau

1 Abr, 2019

Decorreu em Bafatá, de 18 a 22 de março, a primeira fase da formação em Educação Parental e Prevenção da Violência de Género dirigida a 94 agentes sociocomunitários.

A formação aborda conteúdos relativos aos direitos das crianças nas suas várias dimensões, bem como a violência de género e a conjugalidade e parentalidade, e será replicada nas regiões de Tombali, Quinara e Gabú. A segunda fase vai decorrer de 8 a 26 de abril e a terceira de 13 a 24 de maio, ambas em Buba, Gabú e Bafatá.

Os agentes sociocomunitários serão depois responsáveis por apoiar uma formação em Educação Conjugal e Parental que irá decorrer em cada comunidade-alvo.

A atividade insere-se no projeto “Nô na cuida di nô vida, mindjer”, desenvolvido pela Mani Tese, em parceria com a FEC, a ENGIM, o Gabinete de Estudos, Informação e Orientação Jurídica (GEIOJ) e a Rede Ajuda Cooperação e Desenvolvimento (RA), com financiamento da União Europeia, do Camões, I.P. e da Kindermissionswerk.

Últimas notícias…

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Cabo Delgado | Não nos conformamos com a violência

Mais de 30 organizações da sociedade civil portuguesa apelam ao envio urgente de ajuda humanitária para Cabo Delgado, Moçambique A população de Cabo Delgado, em Moçambique, está a viver, desde há quatro anos, violentos ataques, que já fizeram mais de 700.000...

read more